[COMPARATIVO] J3 X AGILE X FIESTA X FOX X SANDERO

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

[COMPARATIVO] J3 X AGILE X FIESTA X FOX X SANDERO

Mensagem por Colecionador em Ter Abr 26, 2011 8:13 pm

Fala galera quem não ouviu falar do
polêmico J3 da Jac motors, por que polêmico?
Por ser um caro chinês tem muita gente com pé atrás,
mas o carrinho esta saindo bem nos comparativos pelo menos
é o que a 4Rodas diz. Isso é muito bom pra nos Brasileiros
a concorrência aumenta os carros tem que se adaptar
aos concorrentes Ganhamos carros melhores
e mais baratos. Vamos ver agora oque as montadoras Tupiniquins vão fazer
com um carro cheio de iténs de série igual esse ne.
Vejam ai o
comparativo da 4Rodas. Vou colocar mais fotos do
J3 porque os outros carro ja conhecemos.
















Se a aprovação pelo mercado (em vendas) fosse um critério classificatório, o segmento dos compactos premium teria entre os quatro primeiros colocados VW Fox, Ford Fiesta, Chevrolet Agile e Renault Sandero, nessa ordem, segundo dados da Fenabrave para 2011. Segmento dos mais concorridos, a relação de candidatos por vaga na garagem não para de aumentar. O mais novo calouro é o JAC J3. Para recebê-lo, convocamos a turma dos quatro veteranos com melhor desempenho nas lojas. Ficaram abaixo da nota de corte VW Polo, Chevrolet Corsa, Fiat Punto, Citroën C3 e Peugeot 207.

Diferentemente da maioria de seus conterrâneos, o J3 não tem no preço seu mais vistoso diferencial. Aliás, o dele está próximo do de todos os citados acima. Sua maior virtude está no conteúdo. Ele é o único, entre os concorrentes selecionados, a oferecer ar-condicionado, direção hidráulica, vidros (nas quatro portas), travas e retrovisores elétricos, rodas de liga leve (de aro 15), ABS com EBD e airbags dianteiros de série. Só não vem com pintura metálica, único opcional que o carro admite e que eleva seu preço em 990 reais, para 38 890 reais. Bancos de couro e tapetes personalizados, como os do carro fotografado para esta reportagem, são vendidos como acessórios.

O preço do JAC pode ser próximo do dos concorrentes, mas mesmo completo (com pintura metálica) ele custa menos que Fox Prime (que traz direção hidráulica, ABS, airbags e nada mais), Agile LTZ e Sandero Privilège básicos. Estes dois últimos se preocupam só com itens de conforto. ABS e airbags elevam seus preços para 45 744 reais e 44 140 reais, respectivamente. Só o Fiesta custa menos que o J3, mas vem apenas com alarme e travas elétricas.

O valor de seguro também ajuda o chinês. Pelo índice Car Group, do Cesvi, o J3 é o segundo hatch pequeno mais fácil e barato de reparar, com índice 13. Perde só para o Fox, que tem índice 10 (quanto menor, melhor). Com isso, ele terá um seguro estimado em torno de 1 100 reais por ano, só 2 reais mais caro que o do Sandero, de 1 098 reais, segundo cotação da corretora Nova Feabri. Ficará cerca de 300 reais mais barato que o do Fiesta, o mais caro deste grupo.

As revisões são outro exemplo da estratégia da JAC. Elas serão a cada 5 000 km, fora a primeira, gratuita, aos 2 500 km. A explicação para a frequência é cuidado. Como as trocas de óleo têm de ser feitas nos mesmos intervalos, as concessionárias da JAC Motors querem acompanhar como os carros estão se saindo com os consumidores, estreitando o contato deles com a rede. "No futuro, é possível que façamos revisões apenas a cada 10 000 km", disse Luiz Cesar Inoue, gerente de pesquisa e desenvolvimento da marca. Mesmo mais frequentes, mantidos os preços atuais, elas deverão custar menos que as de seus oponentes até os 60 000 km. Somadas, ficarão em 1 575 reais, ou 273 reais mais em conta que o segundo pacote mais barato até a mesma quilometragem, o do Fox Prime. A mais cara, de 40 000 km, custa 396 reais. Em relação ao Sandero, o hatch com as revisões mais caras, a diferença fica em 1 376 reais.

Ainda no sensível capítulo "bolso", no qual também contamos com a ajuda da Audatex, para a cotação das peças, o pacote do J3 promete ser o mais barato. Sairá por 1 297 reais, ou 793 reais mais barato que o kit do segundo colocado, o Ford Fiesta 1.6, que custa 2 090 reais. O conjunto mais caro é o do Sandero, que sai por 2 403. Vale lembrar que, além de oferecer três anos de garantia, como o Renault, o J3 é o único compacto a apresentar motor com comando de válvulas acionado por corrente, que torna o risco de avaria no cabeçote menor que o de carros que usam correia, componente que exige trocas periódicas.

Ao volante
Quem está acostumado a conceder descontos automáticos ao acabamento, quando se trata de modelos chineses, poderá se surpreender com o J3. No modelo que vimos na concessionária, as portas apresentavam desalinhamento, a lingueta de abertura do capô era frouxa, os plásticos eram frágeis demais, sujeitos a riscos, e a coluna de direção deixava fios à mostra. Isso não se repetiu no J3 que testamos, já parte do primeiro lote, composto de 500 carros, destinado às 46 revendas. Segundo a JAC, uma equipe brasileira se alterna na China para inspecionar cada unidade dos modelos importados para cá. Só embarca quem estiver dentro do padrão de qualidade. Ainda há problemas, como o aerofólio de superfície irregular, a tampa do porta-luvas com folga e algumas rebarbas no volante e na manopla do câmbio. Poucas. A JAC afirma que deve sanar tudo nos próximos lotes. O primeiro só não veio com tudo corrigido, segundo a marca, porque não havia tempo para isso.

No painel, a busca por aprovação levou a JAC a adotar uma iluminação azul com ponteiros vermelhos, idêntica à usada pela Volkswagen. Não é das melhores, especialmente para dirigir à noite, mas é familiar. Conta-giros e velocímetro são concêntricos. Há também marcadores de temperatura do motor e do nível de combustível nas laterais do painel.

Considerando que o entre-eixos do J3 é só 3 cm melhor que o de um Fiat Palio, espanta constatar que há espaço suficiente para ocupantes acima de 1,80 metro. A façanha é obtida com assentos altos, mesma estratégia do Fox, e com o máximo aproveitamento do entre-eixos: o assento traseiro fica bem em cima do eixo. O custo disso é um acesso mais difícil aos bancos de trás, com parte da caixa de roda no caminho. O porta-malas, segundo o método VDA, comporta 346 litros. Bate os 327 litros do Agile e os 320 do Sandero. É o maior da categoria e supera até o do Honda Civic, um sedã médio, em 6 litros.

A posição de dirigir é boa, mas poderia ser melhor se houvesse regulagem de altura do banco do motorista e dos cintos de segurança dianteiros, de série nos concorrentes aqui reunidos. Só a coluna de direção tem ajuste de altura, com boa amplitude. E uma apara de borracha que esconde a fiação. No Fox, a regulagem disponível é de altura e de distância. No Agile, só existe regulagem de altura. No Sandero, nem isso.

O motor "1.4" gera bons 108 cv a 6 000 rpm. Só com gasolina, por ora. O torque, de 14,1 mkgf, surge a altos 4 500 rpm, único pênalti do carro no que se refere a desempenho, ainda que isso só fique evidente em situações específicas, como subidas íngremes. No trânsito ou em ultrapassagens, o motor responde à altura. Não há indícios de apatia - típica de motores pequenos - por obra do comando variável de válvulas, outro recurso sofisticado para um carro compacto. Ele privilegia torque em baixas rotações e potência nas altas. Na pista, mesmo com motor menor que o do Agile e sem usar álcool, o J3 acelerou e retomou muito próximo do Chevrolet. Ficou perto também do Sandero, que tem motor 1.6. Os outros dois carros 1.6, Fox e Fiesta, se destacaram um pouco mais desse grupo, especialmente em aceleração e retomadas.

O J3 também foi bem nas frenagens, perdendo por pouco para Fox e Agile. Deste último, só de 80 km/h e de 60 km/h à imobilidade. De 120 km/h a 0, o J3 se saiu melhor. Os engates do câmbio do chinês são macios e precisos, com exceção da ré, que às vezes engata, às vezes não. O Fiesta faz a mesma coisa. Os outros modelos se equivalem em precisão e maciez.

A suspensão do JAC é independente nas quatro rodas, com amortecedores Tokico, marca conhecida por atuar em competições. A traseira não usa eixo de torção, como os concorrentes e até muitos modelos médios. Ela é dual link, com dois braços longitudinais e um braço tensor. Alta, ela dá ao J3 o aspecto de um "utilitário leve", mas sem os penduricalhos off-road. Na prática, o JAC encara lombadas, valetas e buracos sem acusar as pancadas. Apesar da altura, ele é firme, mesmo em curvas rápidas, comparável ao Fiesta, cuja suspensão tem o melhor compromisso entre conforto e interação com o motorista. Apesar de o Fox não inclinar muito, a posição alta de dirigir desencoraja uma condução mais atrevida. A do Agile não é desconfortável, mas também não é comunicativa.

Em termos de consumo, o fato de usar só gasolina poderia colocar o J3 em uma vantagem injusta (assim como os que usaram álcool ficaram com vantagem em desempenho). Para equalizar as coisas, medimos o custo a cada 100 km em circuito urbano, considerando o litro da gasolina em 2,60 reais e o do álcool a 1,90 real, as médias nacionais de preço para esses dois combustíveis segundo a ANP (Agência Nacional do Petróleo). O J3 passa em primeiro lugar na prova: com gasolina, gasta 23,60 reais só com combustível para rodar 100 km. Com álcool, o segundo lugar foi do Fiesta, com 24,10 reais. O último foi o Fox, que consome 28,80 reais para rodar 100 km na cidade.

No que se refere a segurança passiva, a que defende os ocupantes em caso de batida, os recentes testes da LatinNCAP mostram que ainda há muito a caminhar para saber que modelos defendem seus ocupantes. Pequenos, compactos premium ou quaisquer outros. Nacionais e importados. Até lá, esperamos.

Na hora de determinar quem perde e quem ganha, a lanterna ficou com o Chevrolet Agile LTZ. Quase tão grande quanto um Sandero, mas com motor mais fraco que o do J3, ele não prima por comportamento dinâmico, estilo ou conforto. O volante não tem regulagem de distância, o assento é curto, com pouco apoio para as coxas, e o carro fica leve em alta velocidade. A relação custo-benefício era seu maior mérito, apesar dos problemas de acabamento, evidenciados pela pior performance em nível de ruído deste comparativo. A questão é que essa relação não se sustentou com o tempo. A concorrência diminuiu os preços, tanto de compra quanto de equipamentos, e reduziu os custos de seguro e manutenção. No quesito preço, o Agile fica atrás do J3 e do Fiesta e empata com o Sandero, que se sai melhor em outros indicadores.

O quarto lugar é do VW Fox Prime. Ainda que tenha sido o melhor nas provas de desempenho, ele oferece pouco pelo que custa. Praticamente tudo é opcional, a não ser por ABS, direção hidráulica e airbags. Vidros, travas e alarme são à parte, numa lista que, para equipará-lo ao J3, o encarece em 9 350 reais. O Fox também peca em porta-malas e em espaço interno, apesar de seu bom entre-eixos, 7 cm maior que o do JAC. Se há algo em que ele serve de referência é no acabamento e na ergonomia.

O Ford Fiesta não tem grandes méritos em nenhuma categoria. É o equilíbrio que o coloca em posição intermediária, o terceiro lugar. Ele tem consumo, desempenho, visibilidade e conforto medianos. Suas reestilizações tiraram do carro a harmonia original, mas pelo menos fazem com que ele soe novo até a chegada de sua nova geração, cotada para vir inicialmente do México. O modelo atual pode continuar em linha por ser espaçoso e bom de dirigir, com diâmetro de giro pequeno equipado com direção hidráulica, opcional. Se não oferece muito de série, como o Fox, o Fiesta pelo menos não cobra o que não deve.

Em segundo lugar, pelos números, seria de esperar que viesse o Renault Sandero, mas deu empate. Optamos por dar o posto ao J3. Mas por que, se ele promete ser o mais barato do mercado? O mais completo? Ser robusto, ter o seguro mais baixo, o pacote de manutenção mais em conta? Garantia de três anos, que pode ser de seis se o carro for comprado até 18 de março na concessionária-piloto? Exatamente por isso: porque ele promete. Até cumprir, preferimos tratá-lo como é: um modelo bastante promissor.

O Sandero chega a mais uma vitória com uma extensa lista de lição de casa para fazer. Seus números de frenagem são ruins comparados com os dos concorrentes. Seus preços já foram mais atraentes. O pacote de peças é o mais caro do mercado, assim como o de suas revisões. Em compensação, ele é espaçoso como um hatch médio, tem o seguro mais barato, três anos de garantia, como o J3, e já ganhou comparativos anteriores, além da pesquisa Os Eleitos de 2010 em seu segmento. Seu principal mérito é ter ganhado a confiança do consumidor, a mesma e maior pretensão do melhor chinês que já testamos até agora. Pode ser mera questão de tempo.




5º AGILE LTZ

DIREÇÃO, FREIO E SUSPENSÃO
Com o maior diâmetro de giro do comparativo, o que o torna mais difícil de manobrar, o Agile também peca por falar pouco com a pista.
★★★

MOTOR E CÂMBIO
O 1.4 deste Chevrolet consome mais que o 1.6 do Fiesta e tem menos força.
★★★

CARROCERIA
O estilo polêmico foi evidenciado pela própria Chevrolet com o lançamento do Aveo/Sonic no exterior. Ele é do mesmo segmento, mas muito mais harmonioso.
★★★

VIDA A BORDO
Ainda que ofereça bom espaço de cabine e de porta-malas, o Agile tem muitos problemas de acabamento.
★★★

SEGURANÇA
Já que vem tão completo, o Agile LTZ poderia incluir ABS e airbags de série.
★★★

SEU BOLSO
A versão LTZ vem bem recheada, mas cobra mais do que os concorrentes pelo que oferece.
★★★






4º FOX PRIME

DIREÇÃO, FREIO E SUSPENSÃO
O Fox esterça bem e tem boa suspensão. Foi o melhor nas frenagens, mas a posição de dirigir alta não é das melhores.
★★★★

MOTOR E CÂMBIO
Nos testes de desempenho, o Fox também foi o que se deu melhor. Seu consumo, de todo modo, não precisava ser o mais elevado.
★★★★

CARROCERIA
Renovado no ano passado, o modelo vai ditar as mudanças no Polo e no Gol para 2011.
★★★★

VIDA A BORDO
Apesar do bom entreeixos, o Fox não oferece espaço condizente. Seu porta-malas é o menor do comparativo.
★★★

SEGURANÇA
ABS e airbags dianteiros são de série na versão Prime, o que já o coloca em vantagem diante dos concorrentes nacionais.
★★★★

SEU BOLSO
Fora os itens de segurança, o Fox não precisava cobrar tanto por tão pouco.
★★






3º FIESTA 1.6

DIREÇÃO, FREIO E SUSPENSÃO
O Fiesta precisa melhorar nos freios, que só são melhores que os do Sandero. A direção tem peso correto e a suspensão é referência.
★★★★

MOTOR E CÂMBIO
Bom conjunto motriz garantiu ao Fiesta tempos próximos aos do Fox, o melhor na pista.
★★★★

CARROCERIA
Ainda que o modelo original fosse mais bonito, a segunda reestilização garantiu fôlego ao hatch.
★★★

VIDA A BORDO
Espaçoso e com bom porta-malas, o Fiesta melhorou bastante em nível de acabamento.
★★★★

SEGURANÇA
Quem quiser ABS e airbags terá de pagar por eles, mas o valor é competitivo.
★★★

SEU BOLSO
O modelo mais barato do comparativo sem opcionais ainda tem bom preço quando vem equipado, mas os pacotes de equipamento são restritivos.
★★★

2º JAC J3

DIREÇÃO, FREIO E SUSPENSÃO
Suspensão independente na traseira, freios eficientes e o menor diâmetro de giro dão ao JAC vantagem sobre os concorrentes veteranos.
★★★★

MOTOR E CÂMBIO
Comando de válvulas variável acionável por corrente faz o J3 parecer um modelo médio. Mas o motor continua pequeno.
★★★

CARROCERIA
O carro é bem construído, com portas bem alinhadas e folgas pequenas entre os painéis da lataria.
★★★

VIDA A BORDO
Espaço interno é bem aproveitado e o acabamento é bom, ainda que precise ser aperfeiçoado.
★★★

SEGURANÇA
Com airbags dianteiros e ABS com EBD de série, o J3 aponta uma tendência importante: preocupação com segurança.
★★★★

SEU BOLSO
Três anos de garantia, preço mais em conta e seguro, revisões e peças com a promessa de serem os mais baixos do mercado fazem o J3 desbancar o Sandero como a pechincha em seu segmento.
★★★★

1º SANDERO PRIVILÈGE

DIREÇÃO, FREIO E SUSPENSÃO
Apesar de ter boa suspensão e direção correta, os freios do Sandero o penalizam neste quesito.
★★★

MOTOR E CÂMBIO
O motor 1.6 tem bom torque em baixas rotações, mas poderia render melhor. O câmbio, se não brilha, não compromete.
★★★

CARROCERIA
O estilo do Sandero agrada, mas está fadado a mudar ainda este ano. Será sua primeira reestilização.
★★★

VIDA A BORDO
Ainda que o acabamento seja simples, ele é bem feito. E o espaço que o Sandero oferece é o mais generoso do segmento.
★★★★

SEGURANÇA
ABS e airbags dianteiros são opcionais e não encarecem tanto o preço do Renault. Mas poderiam ser de série.
★★★★

SEU BOLSO
A boa oferta de equipamentos de série da versão Privilège a torna uma opção a considerar para quem não dispensa ar-condicionado e direção hidráulica.
★★★★

VEREDICTO

Com promessa de custo-benefício imbatível em seu segmento, seja na compra, seja na manutenção, o JAC J3 só não ganhou este comparativo porque ainda precisa provar a que veio. Mesmo assim, deixou Fiesta, Fox e Agile para trás. Só não venceu o Renault Sandero Privilège, modelo médio vendido a preço de pequeno, que deve ser reestilizado este ano.

FONTE

Nossos Carrinhos Brasileiros vão ter que suar.




_________________

É a Carangos Du Vale tem que respeitar é a melhor do estado e geral que fechar...

Colecionador
Admin + V6
Admin + V6

Mensagens : 1253
Data de inscrição : 21/03/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [COMPARATIVO] J3 X AGILE X FIESTA X FOX X SANDERO

Mensagem por ferginando em Qua Abr 27, 2011 7:55 am

Problema, que esses chineses precisam de tempo no mercado para que peças de reposição possam ser encontradas e tal....imagina quebrar um vidro, precisar trocar uma porta.....lembro quando a kia entrou no mercado brasileiro, meu avô foi obrigado a trocar a companheira kombi e adquirir uma besta. Um dia, meu tio quebrou um vidro lateral e para conseguir o tal vidro, foi um Deus nos acuda e quando conseguiram o vidro ele ainda era de tamanho diferente do original

_________________

ferginando
Sub+1.8
Sub+1.8

Mensagens : 1045
Data de inscrição : 29/03/2011
Idade : 29
Localização : Ipatinga

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [COMPARATIVO] J3 X AGILE X FIESTA X FOX X SANDERO

Mensagem por Albeny (Nakappa) em Qua Abr 27, 2011 8:39 am


caraca fi,,, tem esses problemas ai né,,, olhando pelo outro lado,, hoje em dia tem certificações e tal para que essas empresas se enquadrem nos parâmetros de qualidade,,, afim de evitar tais problemas como esse descrito ai pelo ferginando, que antigamente nem tão antigo existiam em maior numero,,, hoje com a tecnologia em alta,, a globalização no qual ajuda esse trame ai de reposição,,, importação e exportação em tempo quase que real... hoje aposto que eles na verdade estão voltando ao mercado e bem preparados, diante das experiencia dos anos 90..

no mais é esperar msm e ver no que vai dar...

_________________


...sempre Kadetteiro!!!

Albeny (Nakappa)
Admin + V6
Admin + V6

Mensagens : 1932
Data de inscrição : 21/03/2011
Idade : 30
Localização : Timoteo - MG

Ver perfil do usuário http://www.carangosduvale.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [COMPARATIVO] J3 X AGILE X FIESTA X FOX X SANDERO

Mensagem por Colecionador em Qua Abr 27, 2011 1:10 pm

Não e assim tambem não cara os chineses
tão vindo com tudo, e de peças tem 16
containners la em barueri so de peças para
a primeira parte de vendas. que é de 35000
carros. Vai ficar bom isso. veremos nosas montadoras
desdobrarem e carros cairem de preço.

_________________

É a Carangos Du Vale tem que respeitar é a melhor do estado e geral que fechar...

Colecionador
Admin + V6
Admin + V6

Mensagens : 1253
Data de inscrição : 21/03/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [COMPARATIVO] J3 X AGILE X FIESTA X FOX X SANDERO

Mensagem por ferginando em Qua Abr 27, 2011 5:02 pm

Colecionador escreveu:Não e assim tambem não cara os chineses
tão vindo com tudo, e de peças tem 16
containners la em barueri so de peças para
a primeira parte de vendas. que é de 35000
carros. Vai ficar bom isso. veremos nosas montadoras
desdobrarem e carros cairem de preço.



ai sim

_________________

ferginando
Sub+1.8
Sub+1.8

Mensagens : 1045
Data de inscrição : 29/03/2011
Idade : 29
Localização : Ipatinga

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [COMPARATIVO] J3 X AGILE X FIESTA X FOX X SANDERO

Mensagem por Colecionador em Qua Abr 27, 2011 6:06 pm

E bom dmais. Pq nossos carros sao um vergonha atualmente comparado aos anos 80 e 90. Me fala um carro q tem painel digital igual ao kadett gsi. Que custe menos d 60k

_________________

É a Carangos Du Vale tem que respeitar é a melhor do estado e geral que fechar...

Colecionador
Admin + V6
Admin + V6

Mensagens : 1253
Data de inscrição : 21/03/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: [COMPARATIVO] J3 X AGILE X FIESTA X FOX X SANDERO

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum